GattodeBotas​© 2018

  • Facebook
  • Instagram

11 4177-5596 / 2355-3335

contato@gattodebotas.com

R. Espérico, 74 - Jardim do Mar, São Bernardo do Campo  - SP

09750-310, Brasil

Escolhendo um gatinho - Parte 1

May 27, 2018

Escolhendo um gatinho

 

Para você escolher o seu novo companheiro é importante saber as variáveis de comportamento/persona-lidade.

 

O ponto a ser refletido é sobre a personalidade do gato e tentar ajudar novos donos a entender o que molda a personalidade potencial de um gato em relação a ser um gato de estimação e a conviver intimamente com as pessoas.

 

Como ele veio a ser esse gato, depende de seus pais(genética), raça, onde ele nasceu, quanto manuseio ele teve e que experiências teve quando filhote e/ou durante seu crescimento. Todas  essas experiências é que moldam a personalidade do gato.

Gatos precisam ser sociabilizados entre a 3° e  8° semana de vida. Este contato é um marco muito forte na sua sociabilização ao nosso mundo de ruídos, vozes e contato físico ( colo, carinho, chamego, dormir junto, etc).

 

A maioria dos proprietários quer um gato que gosta de estar com eles e sua família e amigos. Para esse perfil prefira gatos que tiveram seu contato com as pessoas desde muito cedo.

Se você escolher um gatinho medroso porque sente pena dele e acha que o seu carinho mudará a sua personalidade, você precisa estar ciente pode ter ou não um relacionamento longo e desapontador.

O gatinho pode realmente se transformar em um adulto muito estressado porque você está pedindo para viver em uma casa que tem muitos desafios terríveis para ele. Por outro lado, se você vive uma vida muito quieta e quer um gato que não seja muito exigente e vai gradualmente se acostumar com você e não será desafiado por adolescentes ruidosos ou música alta, batendo portas ou muitos visitantes, este pode ou não se adequar perfeitamente.

 

Se você quer um gato que vive ao ar livre na maior parte do tempo e simplesmente quer respeitá-lo como um gato, apreciar suas atividades de macaco e alimentar e cuidar dele a uma distância confortável, então há alguns gatinhos bem ariscos/ assustados e medrosos ficarão muito felizes em viver esse tipo de vida.

 

Com esse entendimento, você pode verificar no local ao qual vai pegar o seu futuro amigo, se ele  teve as primeiras experiências certas para se adequar às suas necessidades e estilo de vida.

Se você chegou a achar que a Ong / criador / loja de animais de estimação ou qualquer que seja a instalação aonde o gato está e o gatinho estão sujo, mau cheiroso e tem muitos outros gatos e gatinhos, seja cauteloso. Uma boa higiene é essencial para manter os gatinhos saudáveis e eles podem ser muito vulneráveis.

 

Adotar ou comprar um gatinho por piedade, porque ele está doente ou com medo, apenas para "salvá-lo" de seu ambiente atual, significa assumir um compromisso não só emocional como financeiro com o seu novo amigo.

Gastar um pouco de tempo para escolher o seu amigo vale a pena. Peça para ficar com a ninhada em seu ambiente. Inicialmente, os gatos  são um pouco desconfiados de novas pessoas, mas logo se adapta, ou se apenas tenta se esconder, então terá condições de escolher o seu pelos seus comportamentos.

Ao levar o seu amigo para casa é importante saber se já foi vermífugado, cuidados devido a pulgas e vacinado. Sempre bom manter a ração que estava comendo e mudar de forma gradual se for o caso e com certeza levar ao seu veterinário para uma consulta, de forma a se certificar da saúde do seu novo amigo.

 

Aguarde mais informações no Post Completo (Escolhendo um gatinho)

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Escolhendo um gatinho - Parte 1

May 27, 2018

1/6
Please reload

Posts Recentes