GattodeBotas​© 2018

  • Facebook
  • Instagram

11 4177-5596 / 2355-3335

contato@gattodebotas.com

R. Espérico, 74 - Jardim do Mar, São Bernardo do Campo  - SP

09750-310, Brasil

Como ajudar um gato adulto a se adaptar ao novo lar

May 14, 2018

Como ajudar um gato adulto a se adaptar ao novo lar

 

A preparação é a chave para uma apresentação calma, então você já terá preparando sua casa comprando todos os itens necessários, como bandeja sanitária, tigelas de comida e água, arranhadores e uma caminha.

Se você mora em casa, aconselhável manter o gato novo dentro de casa por pelo menos duas a três semanas para garantir que ele se torne completamente ambientado à nova casa e com menos probabilidade de entrar em pânico e se desviar em busca de outro lugar mais familiar. Se for apartamento colocar telas de proteção em todas as janelas.

Este será um momento potencialmente desafiador para um gato adulto adotado, pois um período de confinamento geralmente os deixa em um estado de ansiedade.

 

O gato pode recuar para um esconderijo inicialmente, mas é melhor deixá-lo lá  para permitir que ele decida sozinho quando for seguro explorá-lo.

Os gatos ocasionalmente, nos primeiros dias (ou semanas, se forem particularmente tímidos), só comem e usam a caixa de areia na calada da noite, ou quando estão sozinhos.

O gato realmente ansioso pode até falhar e fazer suas necessidades fora da caixa, nas primeiras vinte e quatro horas. Nesta fase do processo de adaptação, é melhor não tentar forçar a interação com o animal, limitando-se somente a colocar alimentos frescos e verificar a caixa de areia regularmente, deixando a natureza seguir seu curso.

Se a situação persistir além desse período (3 a 4 semanas), seria aconselhável consultar um veterinário.

 

O procedimento de acomodação para um gato adulto é o mesmo adotado para um gatinho no primeiro ou segundo dia. Se o gato parece interessado em explorar o novo ambiente, então não há necessidade de confinar em apenas um quarto. Pode, no entanto, ser prudente permitir que o gato explore uma sala de cada vez. Esta é a hora de conhecer a personalidade do gato.

Nem todos os gatos respondem da mesma maneira ao contato humano, portanto, é importante ficar atento a linguagem corporal e sinais de estresse que o animal possa manifestar, durante a interação com os membros da família lendo a linguagem corporal e apreciando sinais de ansiedade e estresse.

É útil para obter o máximo benefício do relacionamento. Se o gato se tornar agressivo quando abordado, isso indica que ele está assustado ou confuso.

A paciência é importante durante as primeiras semanas, pois alguns gatos levam várias semanas para se sentirem seguros em um novo lar.

 

Se você já tem um gato residente, não apresse as apresentações, pois este é um passo muito importante.

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

Escolhendo um gatinho - Parte 1

May 27, 2018

1/6
Please reload

Posts Recentes